Chamamento

Muitos acreditam que a viagem psicadélica abre portas para uma nova perceção da vida – uma que imagina (recorda?), que dá mais perspetiva e vê uma camada mais fundo. Que aceita sem julgar. Que nos liga e nos transforma, uma mente–corpo de cada vez, se a soubermos integrar. Um coração que, ora aberto, chama outro. E assim por diante.


The world needs us open

Cada vez são mais os que se juntam nesta viagem, que da gratidão logo querem conferir a ciência, e da investigação vão à procura da tradição (do êxtase). Esta inspira a arte, que também é chamada à terapia, pelas voltas da psicologia humana. Acabamos por vezes na mais profunda reveria do verde da folhagem. Com um novo mapa e novos trilhos na neve fresca.

Shaking up the snow globe

Este pequeno projeto nasceu para ser uma porta de entrada nesta Viagem. Todos precisamos de um guia em quem confiar, que nos queira bem e que saiba ouvir e sentir antes de agir. Ouçamos então, que há tanto para conhecer e ainda mais para aprender sobre estas ferramentas mágicas. Este é um tempo fértil mas ainda um pouco confuso. Todos merecem viajar seguros.

A kind of brain reset

Por aqui, um grupo de amigos e amigas vai estar atento ao que vale a pena ouvir e saber sobre o panorama psicadélico. E vamos traduzindo o que aparece, filtrando para mostrar o essencial. Inovando aqui e ali, que criar é preciso e faz bem! Se há algo atualmente a renascer, somos uma mão estendida para juntos o deixarmos amadurecer, num berço cada vez maior e mais acessível.

Mind manifesting

Inicialmente, nascemos apenas para reunir e mostrar o que já existia em português. Já se cresce por cá, felizmente. Mas é em inglês que decidimos também (ainda) seguir. Por isso segue-nos. Dá-nos a mão. E vem ter connosco, se e quando fores chamado/a. Nunca é tarde demais para começar a viagem. Mas hoje é muito cedo para olhar para o lado.

Trust, let go, be open


Two roads diverged in a yellow wood,
And sorry I could not travel both
And be one traveler, long I stood
And looked down one as far as I could
To where it bent in the undergrowth;
(…)
I took the one less traveled by,
And that has made all the difference.
(Robert Frost)


All shall be well and all shall be well and
all manner of thing shall be well.
(Julian of Norwich)