Podcast (Áudio)

“Eu Tinha a Certeza Absoluta que Ia Morrer… E Quando Aceitei, Aquilo Libertou-Me”

A partilha de experiências pessoais com o uso consciente e deliberado de substâncias psicadélicas (ou outras substâncias psicoativas), sobretudo quando resultam em efeitos positivos ou transformadores, é um elemento essencial para diminuir o estigma e preconceito que perdura sobre o tema do consumo de drogas. A página de Testemunhos deste website, e a do movimento ThankYouPlantMedicine – fundado exatamente para dar voz e normalizar estas experiências e as suas histórias, contém inúmeros exemplos destes, partilhados por pessoas que são cidadãos responsáveis, bem integrados na sociedade, de todas as idades e de várias proveniências (étnicas, religiosas, sócio-económicas) e vocações.

No seu podcast Maus Hábitos, Martim Torres e Hugo Zagalo já abordaram várias vezes o tema das substâncias psicadélicas e os seus efeitos. Desta vez, à semelhança do que fez Michael Pollan, e que ficou relatado no seu best-seller Como Mudar a Sua Mente (Prime, 2020), e em múltiplas palestras em vídeo, Martim e Zagalo falam na primeira pessoa sobre experiências que os próprios tiveram, com psilocibina, no passado recente. O psicólogo Hugo Zagalo, em particular, faz mesmo uma descrição íntima e detalhada, não só da experiência em si como dos seus efeitos imediatos (durante a cerimónia de grupo em que participou, orientada por facilitadores experientes – vários deles também psicólogos), mas também das mudanças que sentiu em si após o seu regresso à vida quotidiana.

“Esta substância é uma chamada de atenção, é um lembrete para nós humanos pararmos e aproveitarmos a vida de uma forma mais leve. Ela tem o poder de nos fazer abrandar, de nos trazer para o presente… de uma forma expansiva e de conexão… como nenhuma outra substância faz. É essencial experienciarmos isto, de forma controlada, de forma respeitosa… É uma forma tão preciosa de sentirmos o mundo. É uma forma da paciente Natureza dizer aos humanos: “Malta, respirem, olhem para nós, estamos todos ligados… é tudo um só só, a vida começa e vamos morrer um dia… aproveitem.” (Martim Torres).

“O cogumelo é um brincalhão, é um trickster… em música, é mais tipo jazz!” (Hugo Zagalo)

Deixe um comentário